Busca do Google agora reúne vagas de emprego em uma nova interface.
30 de Janeiro de 2018


Google anunciou hoje (30) que está liberando no Brasil um novo recurso na sua ferramenta de buscas. Ao pesquisar “empregos perto de mim”, o usuário verá uma seleção de vagas de trabalho nas proximidades em vez de resultados de buscas comuns. Assim, é possível ver que tipo de trabalho está disponível perto da sua casa e quais empresas estão contratando.

Segundo dados do IBGE, 12% da população economicamente ativa do Brasil está desempregada e, por isso, a Google resolveu lançar o recurso de concentração de vagas de trabalho por aqui. “Esperamos que a praticidade e simplicidade dessa nova experiência possa conectar pessoas a empregos, não importa onde o usuário esteja ou qual vaga tenha seu perfil”, disse a empresa em uma postagem em seu blog oficial.

google

O recurso pode ser utilizado não apenas por quem está procurando emprego nas redondezas, mas também por quem está pensando em se mudar para outra cidade e já chegar lá com alguma coisa minimamente garantida. É possível também filtrar os resultados por áreas de atuação, como advocacia, programação, comércio e por aí vai. O Google ainda mostra uma estimativa de quanto tempo você levaria para chegar de sua casa até o suposto novo trabalho de acordo com o trânsito da sua localidade.

As vagas mostradas nos resultados de buscas do Google são coletadas a partir de várias plataformas que já atuam nesse segmento no Brasil

As vagas mostradas nos resultados de buscas do Google são coletadas a partir de várias plataformas que já atuam nesse segmento no Brasil, como o Love Mondays, Empregos.com.br, OLX, Trampos.co e Vagas.com.br. Plataformas menores e empregadores que possuem seus próprios sites para seleção também podem publicar suas vagas de emprego nos resultados do Google a partir de um padrão que a empresa divulgou recentemente.

A Google afirma que este novo recurso já está disponível no Brasil, tanto para os resultados de busca em navegadores desktop quanto em smartphones Android. Contudo, em um teste rápido, não conseguimos conferir a novidade. Imaginamos, portanto, que ela esteja sendo distribuída gradativamente entre os usuários.